A criança que não aprende – 12 Novembro

Após recentes alterações legais na regulamentação do ensino especial e das dificuldades de aprendizagem, ganha pertinência e acuidade as questões relacionadas com o quotidiano das práticas diárias de pais e alunos. Entre outros aspectos, importa reflectir sobre a actualidade, pertinência, usabilidade e realidade da CIF em Portugal e que implicações tem nas diferentes dimensões do processo de ensino e de aprendizagem, quer ao nível da sala de aulas, quer da escola enquanto organização.

Tendo como ponto de partida trabalhos ilustrativos de diferentes realidades, locais, nacionais e internacionais, este encontro assume como principais objectivos:

·      Divulgar práticas e estratégias de sucesso curricular desenvolvidas nas escolas portuguesas e em outros contextos de formação e aprendizagem;

·      Reflectir sobre os modos mais adequados para documentação, comunicação e disseminação dessas práticas;

·      Analisar a investigação realizada e discutir os trabalhos empíricos em desenvolvimento visando as dificuldades de aprendizagem e o ensino especial;

·      Identificar áreas prioritárias de intervenção e de investigação como contributo para a plena utilização dos recursos disponíveis, dentro e fora da escola.

 

DESTINATÁRIOS

O encontro “A criança que não aprende” dirige-se a investigadores, professores, terapeutas da fala, técnicos superiores de educação especial, psicopedagogos, educadores e outros profissionais ligados educação e saúde, assim como pais e encarregados de educação. É também um espaço especialmente destinado a estudantes de mestrado e doutoramento, nomeadamente na área das dificuldades de aprendizagem e ensino especial. As empresas relacionadas com conteúdos e processos de suporte à aprendizagem e à formação podem dispor também de um espaço para apresentação e divulgação dos seus produtos.

 

TIPOS DE TRABALHOS

Os autores poderão submeter artigos científicos originais abordando revisões do estado da arte e novas perspectivas de investigação, soluções e/ou aplicações para problemas reais, trabalhos empíricos e/ou de avaliação, estudos de caso, entre outros, que se enquadrem nas temáticas do Encontro.

 

PRELECTORES

Para este encontro convidamos alguns dos principais especialistas das áreas em trabalho para que se pudessem juntar a nós e connosco partilhar o seu conhecimento e experiência tornando a jornada de formação mais rica e apelativa.

Tivemos preocupações em acolher neste evento excelentes comunicadores, que para além da partilha de conhecimento envolvam o público em reflexão sobre os diferentes temas abordados.

Cara um dos oradores terá um tempo de 60 minutos para a sua apresentação. Sabendo que é sempre um tempo curto para tão excelentes conhecedores e comunicadores, estarão connosco durante o dia de forma a poderem ser também interpelados pelos participantes podendo esclarecer e apoiar quaisquer dúvidas ou questões.
Estão confirmados:  Drª. Ana Rodrigues, Dr. João Paiva, Drª. Helena Serra, Dr. Nuno Crato e Dr Vitor Cruz

 

Ver site do encontro www.acriancaquenaoaprende.com